Publicado em

Sobre abusos e afins – Memórias de uma sexóloga I

Minha experiência como sexóloga tem pouco mais de 10 anos, e logo no início da minha carreira atuando em sexologia tive alguns pacientes masculinos com transtornos sexuais classificados como parafilias e na grande maioria deles havia um transtorno psíquico maior por trás do evento sexual.  Continuar lendo Sobre abusos e afins – Memórias de uma sexóloga I

Publicado em

Quando a razão obedece o coração

conto

Até hoje me orgulhei, ou pelo menos não me puni por minha precocidade; “ser expulsa de casa” com 15 anos não é louvável, nem mesmo sábio, mas no meu caso parece que não foi o pior. Continuar lendo Quando a razão obedece o coração

Publicado em

O único homem que não me decepcionou

Falar de vovô é algo difícil, mas belo. Quando comecei a me entender por gente ele era vereador da pequena cidade onde morávamos, logo tornando-se prefeito. Eu o via como o homem mais inteligente e eloquente do mundo, sempre em cima de um palanque falando sobre injustiças e as soluções que queria tomar. Continuar lendo O único homem que não me decepcionou