Publicado em

Por que e como ocorre a Andropausa ( Deficiência androgênica no envelhecimento masculino)?

A testosterona é o principal andrógeno circulante, produzido e secretado principalmente pelas células de Leydig do testículo a partir de uma molécula de colesterol. A liberação diária de testosterona testicular é de 10 mg (miligramas), que vão se juntar a aproximadamente 500 μg (microgramas) de testosterona produzidos pelas glândulas adrenais e a conversão periférica (metabolização na gordura corporal) de androstenediona em testosterona. Continuar lendo Por que e como ocorre a Andropausa ( Deficiência androgênica no envelhecimento masculino)?

Publicado em

Andropausa: verdades sobre o envelhecimento masculino

O envelhecimento masculino é acompanhado de sinais e sintomas que lembram deficiência de hormônios masculino (androgênios)  como diminuição da massa e força muscular, aumento de gordura abdominal principalmente visceral com resistência à insulina (pré-diabetes) e perfil lipídico aterogênico (aumento do colesterol), diminuição da libido (desejo sexual) e pêlos sexuais, osteopenia (diminuição da densidade do osso), diminuição da performance cognitiva (pensamento lentificado), depressão, insônia, sudorese e diminuição da sensação de bem estar geral. É tentador relacionar esses sintomas ao declínio de hormônio masculino associado ao envelhecimento. Continuar lendo Andropausa: verdades sobre o envelhecimento masculino